Jovem de 21 anos acredita ter a solução para despoluir oceanos

O projeto pretende retirar 70 mil toneladas de lixo do Oceano Pacífico em 10 anos

The Ocean Cleanup Array

A cada semana, toneladas de plástico são despejadas no oceano. Um jovem de 21 anos criou um projeto ousado que pode reduzir 42% dos resíduos que estão no Grande Depósito de Lixo do Pacífico, uma região do oceano que concentra rejeitos e resíduos sólidos, em 10 anos. Isso significa pelo menos 70 mil toneladas de lixo a menos.

A ambiciosa proposta nasceu quando Boyan Slat estava de férias na Grécia e percebeu que encontrava mais sacolas plásticas no mar do que peixes, então se perguntou “por que será que não podemos limpar isso?”. Foi assim que o menino de apenas 16 anos decidiu começar seu projeto de limpar o oceano e fundou sua empresa The Ocean Cleanup (da qual também ocupa o cargo de CEO).

A ideia é, resumidamente, instalar um vetor de 100 quilômetros de comprimento que funcionará como um funil. Enquanto os fluxos de água passam livremente por baixo da barreira, o equipamento coletará os resíduos que ficam na superfície. Esse modelo foi projetado a partir de pesquisas feitas por Slat em que ele mediu a profundidade que o lixo era encontrado, chegando à conclusão de que a maioria não ficava numa profundidade abaixo de dois metros.

Depois de terminar e divulgar seu projeto, Boyan Slat recebeu críticas vorazes que iam desde acusações sobre sua ideia ser “muito ingênua”, até afirmações de que os funis iriam matar os plânctons que habitam a superfície marinha. Por isso, em 2013, decidiu se isolar, saiu da escola, ignorou todas as suas obrigações sociais e abriu uma campanha de financiamento coletivo para arrecadar 90 mil dólares para que fosse possível pesquisar mais e aprimorar a ideia para provar de uma vez por todas que ela poderia ser feita.

Depois de toda essa pesquisa, enfim o jovem empreendedor conseguiu fundos suficientes para tirar o projeto do papel. O protótipo começou a ser construído em junho desse ano no litoral da Holanda. Slat pretende seguir com o projeto para que, em 2020, o primeiro vetor de limpeza esteja sendo construído entre o Havaí e a Califórnia, no centro do giro oceânico do Pacífico.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail