Máquina com funcionamento manual transforma dejetos orgânicos e restos de alimentos em biogás

O produto foi testado primeiramente em uma comunidade beduína em Israel

Durante uma visita do secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon ao presidente israelense Reuben Rivlin, em 2014, o chefe das Nações Unidas expressou a necessidade global de uma solução ambientalmente correta para uma importante questão: evitar os problemas de saúde e as mortes causadas pela queima de combustíveis sólidos (como madeira e carvão), utilizados muitas vezes para cozinhar.

Só para se ter ideia, até 4,3 milhões de mulheres e crianças morrem anualmente direta ou indiretamente devido aos efeitos causados por estes combustíveis, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Como forma de amenizar a questão, os israelenses da companhia HomeBioGas desenvolveram um biodigestor. Ele funciona com dejetos de animais e restos de comida. Após o processamento, a máquina proporciona uma combinação de gás metano e dióxido de carbono, que facilitam tarefas domésticas dos usuários, como o ato de cozinhar (sem ter que usar ou queimar lenha) ou o aquecimento de ambientes internos.

Além disso, o líquido resultante do processo pode ser utilizado como fertilizante.

Batizado como HomeBioGas TG, o biodigestor é resultado de anos de pesquisas sobre outros biodigestores existentes na China e na Índia. A equipe israelense chegou à conclusão de que as populações de baixa renda precisavam de um modelo inteiramente novo - que deve ser lançado na América Latina, na Ásia e na África. O produto foi testado primeiramente em uma comunidade beduína em Israel como um biodigestor rural e hoje é vendido separadamente por US$ 2.500 dólares.

O vídeo abaixo (em inglês) explica o funcionamento do HomeBioGas TG:


Fonte: EcoD  


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail