Avião Solar Impulse 2 completa voo do Japão ao Havaí usando apenas energia solar

No trajeto de 118 horas, foram percorridos 7,2 mil quilômetros

O avião Solar Impulse 2 (Si2) aterrissou no último dia 3 de julho no Havaí, após fazer um voo de 7,2 mil quilômetros, partindo do Japão.

A aeronave movida exclusivamente por energia solar ficou 118 horas no ar - a distância e o tempo são recordes para esse tipo de veículo. Trata-se também de uma marca inédita em voos sem reabastecimento.

Volta ao mundo 

O piloto Andre Borschberg disse à BBC que não sentiu cansaço apesar de tanto tempo na cabine. O parceiro de projeto, Bertrand Piccard estava à sua espera no Havaí. Eles revezam o comando da nave por trechos ao longo da volta ao mundo que estão colocando em prática, e que teve início em março de 2015, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes.

O próximo voo do Si2 partirá do Havaí até a cidade de Phoenix, nos Estados Unidos. Estima-se que o avião demorará quatro dias inteiros para realizar o trajeto. Em seguida, o destino será Nova Iorque e, por fim, o retorno a Abu Dhabi, cruzando o Atlântico.

A vigem até o Havaí se mostrou mais complicada do que o previsto. A equipe ficou cinco semanas parada na China e, quando reiniciou o voo, teve de retroceder por causa de uma frente fria, pousando no Japão, onde mais cinco semanas foram necessárias para ajustes no veículo.

A equipe usa as paradas para fazer campanha sobre energia limpa. O Si2 não planeja ser o futuro da aviação, mas uma demonstração do potencial da energia solar. O avião é coberto por 17 mil células fotovoltaicas, que energizam os motores ou carregam baterias que mantêm a máquina funcionando durante a noite.

Veja também:
-Avião solar retoma a viagem de volta ao mundo. Próximo destino é Havaí
-Primeiro avião elétrico tripulado da América Latina faz voo inaugural em Itaipu


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail