Falando em lixo...

Lixo Extraordinário é apenas o mais recente documentário sobre a questão do lixo. Conheça duas boas dicas

Mesmo não tendo vencido o Oscar de melhor documentário, o filme anglo-brasileiro Lixo Extraordinário reabriu a discussão sobre o que fazer com o que sobra do nosso consumo diário, mostrando as consequências que o lixo traz para o meio ambiente e para a vida de muitas pessoas.

No Brasil, alguns documentários reconhecidos internacionalmente já tocaram na questão do lixo com muita propriedade. A eCycle selecionou duas dicas: um filme da década de 90 e outro dos anos 2000. “Boca de Lixo” talvez seja o precursor dos documentários sobre lixo e desvenda a vida que há por trás do que é descartado pela sociedade. Já “Estamira” enfoca a vida de uma senhora que mora no lixão devido a uma série de problemas materiais, familiares e psicológicos.

Boca de Lixo
Gênero: Documentário
País: Brasil 
Ano: 1993
Diretor: Eduardo Coutinho
Duração: 49min
Resumo: Coutinho, um dos grandes nomes do cinema documental brasileiro, adentra o lixão de Itaoca, em São Gonçalo-RJ, atrás de uma visão dos próprios dependentes do lixo sobre suas condições. O filme se inicia com uma cena em que muitos catadores disputam o lixo “fresco”, recém-chegado do caminhão.

Estamira
Gênero: Documentário
País: Brasil 
Ano: 2004
Diretor: Marcos Prado
Duração: 2h01min
Resumo: É a história de Estamira, uma senhora de 63 anos que trabalha há 20 anos no aterro sanitário do Jardim Gramacho (o mesmo em que foi produzido Lixo Extraordinário). Caminhando no meio termo entre a sanidade e a insanidade, a personagem discursa sobre questões globais, como o destino do lixo produzido pela sociedade.




Veja também:


 

Comentários  

 
-1 #1 2013-03-12 14:58
Baixar o Documentário - Estamira - http://mcaf.ee/tvjf4
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail