Reaproveitamento de cerâmica requer criatividade

Em indústrias, há reaproveitamento para a produção de outros materiais; em casa, mosaicos são boas opções

A cerâmica é um material presente em muitos ambientes e situações comuns do nosso dia-a-dia. Desde ladrilhos, azulejos, potes, vasos, até ferramentas de corte para usinas, esse material é uma alternativa simples e de baixo custo para a produção de muitos objetos. O que é tão fácil de se fazer, é fácil também de ser reciclado? Nesse caso, não. Como é feita com barro e argila, a substância perde características de molde após ser aquecida e não as recupera mais, uma vez esse processo já tendo sido realizado. Ou seja, não é reciclável no sentido original do termo (voltar a servir para o mesmo fim).

Então, o que fazer?

Embora produzir utensílios de cerâmica seja fácil, reciclar não é tão simples. As empresas aproveitam os restos da produção industrial e dão outra destinação para o material (fazendo que se transformem em produtos diferentes dos que são produzidos normalmente pela empresa em questão). Mas o ideal, em casos domésticos, seria mesmo a doação ou o descarte em locais voltados para a entrega de materiais de construção e entulho – que são poucos.

Mas também existe outra alternativa muito interessante. Se suas peças de cerâmica estão trincadas ou quebradas, você pode cortá-las e utilizá-las para decoração, fazendo mosaicos em pisos, parede e em trabalhos artísticos. É uma forma de economizar material, evitar o descarte incorreto e dar uma boa utilidade para um item que "não serve mais".

Veja também:
-Cerâmica: dá pra reciclar?


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail