Apple quer, no futuro, fazer seus produtos somente a partir de materiais reciclados

A companhia disse que "É um objetivo ambicioso que exigirá muitos anos de colaboração entre várias equipes da Apple"

iPhone
Imagem: Pixabay / CC0

A Apple anunciou um objetivo bem ousado para o futuro: o de utilizar apenas materiais reciclados em seus dispositivos.

O Relatório de Responsabilidade Ambiental da Apple 2017 define o objetivo de usar somente materiais reciclados em seus dispositivos, mas isso não é algo que a empresa possa fazer de forma rápida ou fácil.

Atualmente, apenas uma pequena porcentagem da tecnologia utilizada em um celular iPhone vem de materiais reciclados. A empresa, no entanto, planeja usar materiais como alumínio, estanho, cobre e outros elementos que vêm de fontes anteriormente já utilizadas.

"Estamos realmente fazendo algo que raramente fazemos, que é anunciar uma meta antes de descobrirmos completamente como cumpri-la", disse Lisa Jackson, vice-presidente da Apple para Assuntos Ambientais, Políticas e Iniciativas Sociais à Vice News.

E a ideia não se aplicaria apenas para iPhones - o objetivo da Apple é usar apenas materiais reciclados para todos os produtos - o que incluiria MacBooks, iPods, iPads, AirPods e tudo mais.

O site da Apple diz: "É um objetivo ambicioso que exigirá muitos anos de colaboração entre várias equipes da Apple, nossos fornecedores e varejistas especializados - mas nosso trabalho já está em andamento".
O relatório mostra que a empresa espera fazer isso com uma cadeia de fornecimento fechada, que provavelmente usaria esquemas de reciclagem e robôs - como o projeto Liam da Apple - para identificar os materiais reutilizáveis.

Um exemplo de como a cadeia de suprimentos da Apple poderia funcionar no futuro

A empresa identificou que o alumínio pode ser reciclado a partir de produtos anteriores da Apple, como o iPhone 6. O material é durável e pode ser derretido e usado em carcaças de computadores Mac.
Outros materiais como o estanho são mais complicados de reciclar embora a empresa esteja tentando encontrar uma maneira de reutilizá-lo de forma mais eficiente.

Uma grande ambição

A Apple também espera usar apenas energia renovável em todas as suas instalações, incluindo lojas e fábricas - atualmente está com 96% de uso renovável - além de encorajar sua cadeia de suprimento a usar energia renovável e garantir que todos os seus produtos sejam fornecidos em embalagens feitas apenas com papel 100% reciclado.

Limitar os materiais que a empresa usa fará com que a companhia tenha menos impacto ambiental negativo, além de ajudá-la a combater os abusos de direitos humanos associados à sua cadeia de suprimentos.

Anteriormente a Apple parou de comprar cobalto e reavaliou sua cadeia de suprimentos quando o processo foi identificado com conexões com o trabalho infantil no Congo.

A Greenpeace felicitou a Apple por ter feito a promessa de usar somente materiais reciclados, mas identificou uma série de outras questões que a empresa também deveria estar trabalhando.

"Eles também têm controle sobre como os produtos são projetados e deveriam fazê-los pensando em torná-los mais fáceis de reparar para que tenham uma vida útil mais longa", disse o analista de TI do Greenpeace, Gary Cook, à Vice.

Dispositivos Apple são muito difíceis de serem reparados e perdem a vida útil rapidamente. Apesar de a Apple não se atentar para isso, há dispositivos como o Fairphone 2, que estão usando projetos modulares com a finalidade de evitar a obsolescência programada.

A Apple não será a primeira empresa a criar telefones de origem ética em termos de cadeia de produção. A Fairphone cria dispositivos desde 2013 baseados em fontes sem conflito de minerais e ouro Fairtrade para criar seus produtos.


Fonte: TechRadar

Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail